Imagem e Semelhança


Pela recuperação completa de Isaac ben Ester Levi,
de um recém-nascido ben Inbal

Quando a Torá nos diz: “a nossa imagem e semelhança” (Bereshit 1:26) hoje é óbvio que não se trata de uma imagem física, é muito claro para nós de que Hashem não tem corpo e nem forma de qualquer coisa, porém nos tempos de Rambam não era bem assim. Em uma de suas cartas (Igeret Tehiat Hametim) Rambam diz ter se encontrado com gente conhecedora de Torá que cria que Hashem tinha forma humana. Por isso a necessidade do Guia dos Perplexos em seu tempo, para provar por meio da argumentação filosófica que D’us é incorpóreo e que é um.

Os primeiros capítulos desta obra estão dedicas a tarefa de explicar qual o real significado da palavra imagem (Tzelem) que traz a Torá. A intenção na criação é diferenciar o homem das demais criaturas para que ele pudesse dominá-las sendo semelhante ao Divino. Esta semelhança com D’us não pode ser material e não resta outra que não seja o imaterial.

A matéria depende de necessidades e fatores que por meio das regras físicas e/ou biológicas   se mantenha existindo. D’us independe de qualquer coisa e é autossuficiente em si mesmo. A única imagem que se aplica aqui é a similaridade no potencial da consciência, da razão e do livre arbítrio. Nisto nos diferenciamos das demais criaturas e nos assemelhamos ao Criador, porque somos capazes de raciocinar sem sermos motivados pelas necessidades fisiológicas. Todo o tempo em que dominamos nossas necessidades e mentalizamos no que é mais elevado nos assemelhamos a D’us; o contrário, quando somos submetidos às necessidades e ao ambiente nos assemelhamos as demais criaturas.portal

Mas se o homem já era semelhante a D’us e dotado da capacidade de raciocinar e do livre arbítrio no momento de sua criação, por que está escrito que após comer do fruto do conhecimento do bem e do mal a Torá a diz: “e sereis como D’us, conhecedor do bem e do mal” (3:5)?”

A palavra “elohim” atende a três significados na escritura sagrada: 1 – D’us ou qualquer divindade, 2 – anjos e 3 – juízes. Não é por acaso que Onkelos traduz para o aramaico da seguinte forma: “utihon keravrevin” (ou “ravrevina”, outra versão), e serão como líderes ou senhores, em referência à terceira opção.

O homem era conhecedor da verdade e sabia o que não era verdade. Era dotado de um conhecimento pleno sem dúvidas em consonância com a verdade da existência. Ao comer do fruto o homem cai de nível e perde esta plenitude de consciência e lhe entra a dúvida. Já não sabe o que é verdade e vive na incerteza. Agora o homem passa a saber o que é bom e o que é mal.

A diferença em saber a verdade e saber o que é bom é clara, a verdade é indiscutível. “Um mais um são dois” isso é uma verdade e ninguém pode dizer o contrário. Mas o que é bom e o que é certo não depende da verdade, mas de um consenso social. O que é certo hoje pode não ser certo amanhã, isso depende do que a humanidade julga sobre isso. O julgamento é segundo a conveniência.

O homem era perfeito em sua criação no que se refere a suas faculdades mentais pelo conhecimento da verdade, por isso não lhe incomodava a nudez, embora que a visse. Depois do pecado o homem passa a ser imperfeito e senhor da incerteza e da subjetividade e passa a saber da nudez (3:7), ou seja, passar a se interessar pela subjetividade e pelo efêmero. O homem deixou de se assemelhar a D’us para atender seu próprio desejo. Dessa forma é expulso do jardim para que viva do que é efêmero: “e comerás da erva do campo” (3:18) se assemelhando aos animais que trabalham todo o dia em busca do alimento para mantê-los vivos até o dia seguinte para continuarem a buscar alimento.

A entrega da Torá no Monte Sinai vem como forma de corrigir o homem em sua conduta e pensamento a fim de possibilitá-lo o regresso ao status primeiro de plenitude. As mitzvot demonstram o nível de caída do homem. Se no Gan Éden estava ordenado a uma única mitzvá, hoje está ordenado a 613. A nossa mente não alcança por si mesma a verdade, por isso necessitamos das mitzvot que são verdades para que nossa mente se alimente delas e alcancemos chegar o mais próximo que estava Adam Harishon. Por isso diz Rambam que a recompensa do cumprimento da Torá é ela mesma (Hakdamá Leperek Hélek), pois o Mundo Vindouro nada mais é do que voltar à plenitude do conhecimento da verdade e a Torá como sendo parte dessa verdade nos alimenta disso ainda neste mundo.

 Shabat Shalom!

Anúncios


Categorias:Parashá com Rambam

Etiquetas:, , ,

3 replies

  1. Shalom Rav. Kaleb, só acrescentando algo sobre “A imagem e semelhança” no (Zohar, Noach Vers.252)- O Zohar ensina que todos nós nascemos com um escudo de Luz o “Tzelem Elokim” essa imagem e semelhança seria uma luz que circunda o nosso corpo como uma aura, seria um escudo protetor, e os animais selvagens tinham medo, viam a imagem celestial sagrada no homem porque eles haviam sido criados a imagem e semelhança de D’us.

    Mas quando os seres humanos pecaram e começaram a praticar ações negativas, deixaram de ter uma imagem celestial e os animais selvagens perderam o medo que tinham do homem….”E vosso temor e vosso medo será”.significa que a partir agora você assumirá a forma de um ser humano. perdendo essa forma, e proteção celeste que seria “A imagem e semelhança de Deus”

    O Zohar nos ensina que para manter esse escudo forte, saudável, funcionando com máxima potência, afastando todas os poderes perigosos, e assustadores; é necessário manter os trabalhos espirituais, as boas ações, e o cumprimentos das leis…..Shabbat shalom l’kulam

    Gostar

  2. muito bom baruh hashem
    gosto muito todos estudos q o Eterno vus multipligue em vos a sabedoria dele mais e mais

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: