Finalidade dos Mandamentos


tyadChazal expuseram algumas explicações sobre a razão das mitzvot e seus benefícios e entre todas elas há mais semelhanças que divergências. Tentarei expor aqui, beezrat Hashem, a opinião de Rambam que encontramos em seus escritos.

Ao fim de Sefer Devarim encontramos um texto famoso da Torá que diz: “Vês aqui, hoje te tenho proposto a vida e o bem, e a morte e o mal” (30:15). Interpretações convencionais nos sugerem que o texto se refere a vida no Mundo Vindouro para aqueles que guardam os mandamentos e a morte para aqueles que não guardam. Para este versículo Rambam traz uma outra interpretação onde não mostra não tratar de vida e morte físicas ou espirituais, mas dos benefícios que usufruirão aqueles que guardarem os mandamentos e os malefícios para aqueles que não os guardarem. Dessa forma, a vida e o bem sāo o benefício que a Torá proporciona àqueles que a guarda, um prolongamento da vida na Terra com qualidade. Por outro lado, os que aos que não guardarem a Torá terão uma vida curta e sofrida (More Nevuchim 1:42). Então nos caberia perguntar: as mitzvot não são para herdar o Mundo Vindouro? Também são, pois as mitzvot atendem a dois aspectos que veremos em seguida.

Rambam explica que a Torá tem como função atender a dois objetivos: aperfeiçoamento do corpo e da alma. O aperfeiçoamento do corpo significa duas coisas: 1- estipular limites para que os indivíduos não façam tudo o que queiram de qualquer forma, mas que se façam ações em benefício comum; e 2- para agregar valores que elevem a vida do indivíduo. O aperfeiçoamento da alma significa adquirir conhecimento e conceitos corretos. Sem sombra de dúvidas o aperfeiçoamento da alma é o mais importante, porém o aperfeiçoamento do corpo vem antes neste processo para promover um estado harmonioso na sociedade a fim de que cada indivíduo possa melhor se dedicar ao aperfeiçoamento da alma, que é o principal.

Corpo não significa apenas o organismo físico individual. Além desde, a Torá também promove o aperfeiçoamento do corpo social. Tanto os mandamentos pessoais, como comer kasher, como os mandamentos sociais, como dar tzedaká, são ferramentas para este aperfeiçoamento social. Tendo uma sociedade saudável, cada indivíduo (rico ou pobre) pode se dedicar ao aperfeiçoamento espiritual por meio do estudo. Neste aperfeiçoamento da alma o indivíduo eleva em conhecimento até alcançar seu nível mais alto que é estar conectado com o conhecimento supremo, nível este que o permite saber tudo, uma vez que se abastece da fonte maior de conhecimento, Hashem (More Nevuchim 3:27). Este seria a profecia.

O aperfeiçoamento do corpo, como sendo uma plataforma para o principal, só se dá neste mundo. Por isso as mitzvot são para ele não sendo necessárias no mundo espiritual haja que vista lá se usufrui do que pode alcançar aqui. O conhecimento, por sua vez, está presente nos dois mundos, porém neste mundo não dotamos de sua plenitude sendo este chamado de aperfeiçoamento inicial. O aperfeiçoamento final virá quando já não se faz necessário o plano físico o que nos permitirá alcançar um nível angelical e nos conectamos com o Criador.

Para atender os dois conceitos vistos anteriormente as mitzvot são direcionadas para objetivos específicos. Em uma tentativa de classificar as mitzvot segundo seus objetivos e buscando um significado para elas foi que Rambam as dividiu em 14 categorias segundo um propósito comum. Não estarei relacionando cada mitzvá destas categorias, mas sim listarei os propósitos para os quais as mitzvot estariam destinadas segundo esta classificação. São eles: 1 – conhecimento dos princípios de fé; 2- distanciamento da idolatria; 3 – aperfeiçoamento das qualidades do indivíduo; 4 – assistência social; 5 – combate ao ódio e as más ações; 6 – segurança e punições; 7 – paz social; 8 – Shabat e Yamei Tovim; 9 – Devoção individual; 10 – Serviços do Templo; 11 – Sacrifícios; 12 – Purezas e Impurezas; 13 – kashrut e promessas; e 14 – das relações sexuais, híbridos e circuncisão (More Nevuchim 3:36).

Todos os benefícios das mitzvot são para proporcionar ao indivíduo condições para seguir sua caminhada para a perfeição de sua alma. Como é difícil ao homem cumprir os mandamentos e estudar quando tem fome, sede, está enfermo ou em guerras, promete Hashem benefícios que amenizem o sofrimento para que se possa dedicar-se a conexão com Ele. Da mesma forma as promessas de penalidades para o povo quando não se cumpre os mandamentos servem para assustar e evitar que as pessoas saiam do foco principal que é a observância da Torah (Hakdamá Leperek Helek).

Contudo os benefícios das mitzvot não são apenas neste mundo. Elas são a chave que nos abre a porta para o mundo vindouro. Não podemos pensar que somente com o estudo da Torá sem seu cumprimento nos leva ao Olam Habá. Pois se assim fosse o que seria daqueles que não podem estudar ou que não tem condições para isso? Não existe estudo sem a prática, como diz Rambam: “… e a Torá é verdade; e o objetivo de conhece-la é para praticá-la” (Hakdamá Leperek Helek). Nas leis do arrependimento Rambam deixa claro que há uma medida da quantidade de transgressões frente a quantidade de boas ações que definem quem será o Justo e o Perverso. Também diz quem, pela gravidade de suas transgressões, não terá direito ao mundo vindouro (Leis do Arrependimento 3). Isso porque elas são parte do mesmo propósito: a perfeição inicial (More Nevuchim 3:27)

ֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹֹ—————————————————
Neste texto me dediquei aos escritos de Rambam como fonte com a finalidade de esclarecer ao público de sua opinião quando ao tema. Devido à dificuldade de fontes confiáveis e de material que auxilie o entendimento das obras de Rambam alguns encontram dificuldades para entender conceitos no Guia dos Perplexos (More Nevuchim). Espero ter sido o mais claro possível. Shavua Tov.

Anúncios


Categorias:emuná, Leis

Etiquetas:, , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: