Noite de 14 de Nissan


Antes que se inicie a noite de 14 de Nissan toda a casa já deverá estar limpa e preparada para Pessach. Já se deve ter pronta toda comida kasher para Pessach bem como os utensílios devem estar kasherizados e separados. Todo alimento que não for kasher lePessach bem como o Chametz propriamente dito…

ENTENDE-SE POR CHAMETZ PROPRIAMENTE DITO A MISTURA DE AO MENOS UM DOS CINCO GRÃOS (TRIGO, CEVADA, CENTEIO, AVEIA E ESPELTA) COM ÁGUA QUE TENHA TARDADO MAIS DE 18 MINUTOS PARA ASSAR NO FORNO

… deverá ser eliminado ou guardado em um lugar fechado (quarto, armário, caixa, mala etc) e ser vendido ao não judeu por todos os dias da festa. Os utensílios de cozinha que não tenham sido kasherizados para Pessach deverão ser guardados e, de preferência, sinalizados para não se ter o descuido de utilizá-los nestes sete dias.

20 minutos depois do pôr-do-sol que antecede a noite de 14 de Nissan (neste ano de 2017 corresponderá a noite de domingo, 9 de Abril) se inicia o tempo determinado para a Inspeção do Chametz. Esta inspeção significa buscar à luz de vela por chametz em todas as possessões, seja na casa, na loja, no carro, terreno, jardim etc. Todo os lugares deverão ser inspecionados inclusive buracos nas paredes, dentro das gavetas e debaixo dos móveis, principalmente quando se tem crianças em casa. Desde 30 min antes da Inspeção não se pode dedicar a nenhum trabalho ou estudo para que não se esqueça da obrigação de inspecionar.

A busca do Chametz é extremamente importante para que certifiquemos que não resta qualquer vestígio dele em nosso poder. Embora que a proibição seja a de ter uma porção não inferior a um kezait (volume de uma azeitona ou 28g) deve-se cuidar de limpar até mesmo as migalhas encontradas. A busca é feita com uma vela, preferencialmente de parafina, e se acostuma a repartir pela casa pedaços (menos que kezait) de chametz embalados em papel (segundo a halachá 4 pedaços e segundo a Cabalá 10 pedaços) para que sejam encontrados durante a busca e eliminados na manhã seguinte.

Antes de iniciar a busca pelo Chametz deve-se recitar a Berachá:

בָּרוּךְ אַתָּה יְהֹוָה אֱלֹהֵינוּ מֶלֶךְ הָעוֹלָם אֲשֶׁר קִדְּשָׁנוּ בְּמִצְוֹתָיו וְצִוָּנוּ עַל בִּיעוּר חָמֵץ

“Bendito és Tu Hashem nosso Deus rei do universo que nos santificou com seus mandamentos e nos ordenou a eliminação do chametz”

Uma vez recitada a berachá se poderá buscar o chametz sem interrupção, nem mesmo com a fala. A mesma berachá serve para inspecionar vários lugares mesmo que longe um do outro. Terminando a inspeção se recita 3 vezes o texto que significa a eliminação do chametz tanto em nossas possessões como em nossa vida e em nosso coração. Tal texto embora que originalmente tenha sido composto em aramaico se deve recitar em um idioma inteligível para que possamos introduzir essas palavras em nossas vidas e em nossos corações de forma sincera. Recita-se:

כָּל חֲמִירָא וַחֲמִיעָא דְאִיכָּא בִרְשׁוּתִי דְלָא חֲמִתֵּיהּ וּדְלָא בִעַרְתֵּיהּ

וּדְלָא יְדַעְנָא לֵיהּ לִבָּטֵל וְלֶהֱוֵי הֶפְקֵר כְּעַפְרָא דְאַרְעָא

“Todo o fermento e tudo o que for levedado que esteja em minha posse, o que não vi e não eliminei e do qual não saiba, que seja anulado e sem dono, como o pó da terra”

A Torá nos proíbe comer e ter proveito do chametz a partir da sexta hora do dia (horário haláchico) o que corresponde ao meio dia de fato, quando o sol atinge seu ápice. Chazal criaram uma cerca e anteciparam duas horas para a proibição de comer chametz e anteciparam em uma hora para a proibição de se ter proveito do chametz. Ou seja, em horários haláchicos se pode comer chametz até o fim da quarta hora do dia; e poderá ter proveito (comercializar e alimentar animais, por exemplo) até o fim da quinta hora haláchica do dia. Isso significa que temos até o final da quinta hora do dia para eliminar o chamatz seja queimando, seja tirando ao mar ou ao vento seja vendendo ao não judeu.

Ao eliminar o chametz o queimando, tirando ao mar ou ao vento se recita três vezes:

כָּל חֲמִירָא וַחֲמִיעָא דְאִיכָּא בִרְשׁוּתִי דְלָא חֲמִתֵּיהּ וּדְלָא בִעַרְתֵּיהּ

וּדְלָא יְדַעְנָא לֵיהּ לִבָּטֵל וְלֶהֱוֵי הֶפְקֵר כְּעַפְרָא דְאַרְעָא

“Todo o fermento e tudo o que for levedado que esteja em minha posse, o que não vi e não eliminei e do qual não saiba, que seja anulado e sem dono, como o pó da terra”

Juntamente com a eliminação física do chametz há a eliminação espiritual do mesmo, de forma que já não mais queremos chametz em nossas vidas e nem o desejamos. Isso faz parte da mitzvá mideoraita (da Torá) de eliminar o chametz, eliminá-lo de nosso coração e de nossas possessões.

Anúncios


Categorias:Festas, Leis, Pessach

Etiquetas:, , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: