Querubins no Propciatório?


Praticamente todos os elementos litúrgicos usados no serviço do Templo possuem seu devido correspondente em outras religiões do tempo antigo. Sacrifício de animais, libação de sangue e água, uso de incensos, refeições etc. todos eles são compartilhados com outras religiões. Aqui encontramos uma incoerência pois a mesma Torá que declara o culto a um único Deus faz uso dos rituais idólatras em seu próprio culto.

Vimos na Parashá Terumá a ordenança de se construir a Arca da Aliança em madeira de acácia e revestida de ouro com uma tampa onde teriam sobre ela dois querubins. Dentro dessa Arca seriam guardadas as Tábuas da Lei que Moshê receberia no monte Sinai. Conforme nos traz o pasuk:

“וְעָשׂוּ אֲרוֹן, עֲצֵי שִׁטִּים… וְצִפִּיתָ אֹתוֹ זָהָב טָהוֹר, מִבַּיִת וּמִחוּץ תְּצַפֶּנּוּ… וְעָשִׂיתָ כַפֹּרֶת, זָהָב טָהוֹר… וְעָשִׂיתָ שְׁנַיִם כְּרֻבִים, זָהָב; מִקְשָׁה תַּעֲשֶׂה אֹתָם, מִשְּׁנֵי קְצוֹת הַכַּפֹּרֶת”

“E farão uma arca (ou baú) de madeira de acácia… e o recobrirão com ouro puro, por dentro e por fora o cobrirão… e farão um propiciatório (tampa da arca), ouro puro… e farão dois querubins de ouro; sólidos os farão, nas duas extremidades do propiciatório” Shemot 25

A incoerência está em que uma das finalidades da Arca da Aliança é a de guardar as Tábuas da Lei onde nelas está escrito “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra” Shemot 20:4. Todo o serviço do Santuário não deveria ser diferente para atender a não utilização de imagens e não compartilhar as práticas idólatras dos sacrifícios?

Talit 100% Lã Listras Brancas

Frete Gratis

400,00 ₪

Talvez sim devesse ser diferente, mas a pergunta é se um novo modelo de culto seria aceito pelo povo. Não me refiro a aceitação como de um mandamento que representa a vontade divina e tem que aceitar gostando ou não. Esta até é uma resposta válida, porém menos reflexiva. Rambam busca entender qual o propósito de Deus nos mandamentos e tenta, até onde possível, extrair um sentido e o porquê de cada mandamento ter sido ordenado de tal forma.

Rambam vê no uso de elementos pagãos nos rituais do Santuário a manifestação da misericórdia divina e compaixão ao ver a limitação da humanidade daquele momento em desenvolver ou evoluir na concepção da ideia da existência de um único Deus. A limitação da fé inibe sua prática. Tento exemplificar da seguinte forma: um indivíduo crê na existência de Deus, porém por sua fé na interatividade do relacionamento de Deus com o homem não ser melhor trabalhada a ele é difícil a prática das três rezas diárias. Assim, entende Rambam que como o homem desde que nasce evolui e se transforma começando a se alimentar com alimentos líquidos e logo cremosos e quando seu organismo já há evoluído fisiologicamente passa a comer sólidos, assim é a capacidade de assimilação do conhecimento do Divino e sua real devoção.

A humanidade estaria dependente de elementos tangíveis para que possam se relacionar com o intocável e com o invisível. Seria a necessidade da matéria para se conectar com o espiritual. Como diz Rambam que como poderia ser que chegasse um profeta e dissesse que não se faz necessário sacrifícios nem rezas nem nada, basta mentalizar em Hashem e assim se o serve e o adora. Até mesmo hoje isso é algo inconcebível. O uso desses elementos já tão presentes na sociedade permitem com que o homem se conecte e devote com sinceridade e fervor e Deus entendendo isso teria, segundo Rambam, inserido, ou aproveitado, as práticas idólatras para seu culto.

Talit Iemenita 60

Talit tradicional yemenita em 100% lã de ovelhas. Tamanho 60 (140/185cm). FRETE INCLUIDO

550,00 ₪

A humanidade não é capaz de mudar da noite para o dia, tudo leva o seu tempo de transformação e adaptação. E Hashem respeitou as limitações devido a necessidade de que a revelação divina seja assimilada pelo homem segundo seu próprio esforço a fim de que haja mérito no alcance da verdade. E assim foi a forma como Hashem entregou a Torá onde os mandamentos foram comandados segundo a capacidade do homem em assimila-los.

No que se refere aos querubins sobre o propiciatório da Arca, a intenção é de representar o processo da revelação (profecia) por meio do entendimento correto de que os elementos revelados têm sua origem em Deus divididos em uma relação de dependência. Há que crer na Torá. Mas para crer nela há que crer que Moshê é o profeta que a recebeu de Deus e a entregou a Israel. Para crer na profecia se faz necessário crer que ela é entregue por um anjo que serve a Deus como mensageiro e não pensar que a profecia vem por outros meios como o uso da astrologia, ídolos ou elevação do estudo e do conhecimento. Devemos crer que a revelação vem de Deus por meio de um anjo a um profeta. E saber que isso nem se dá por mérito próprio e nem por consulta a divindades ou astros.

Segundo Rambam a presença das figuras angelicais no propiciatório da Arca serve para fortalecer a fé no princípio da revelação que citado acima. Nas festas de peregrinação as portas do pátio e do Santuário eram abertas juntamente com as cortinas que separavam o Santo dos Santos para que todo o povo tivesse a oportunidade de ver a arca e os querubins. Se via os enviados de Deus, mas o culto era, e é, somente a Ele.

Todo o processo ritual e os elementos que o compõe no Santuário serviam para declarar a existência e a unidade de Deus. Seria como dizer que o culto e os sacrifícios eram válidos mas deveriam ser dirigidos ao Deus verdadeiro, da forma correta e no lugar determinado por Ele.

Anúncios


Categorias:Curiosidades, emuná, Guia dos Perplexos, Parashá com Rambam

Etiquetas:, , , , ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: